Dany Soares: Mais um lousadense a vencer no Nacional de Motociclismo

Dany Soares: Mais um lousadense a vencer no Nacional de Motociclismo

Campeonato Nacional de Velocidade 2019

COMPARTILHE

O Circuito do Estoril acolheu no passado fim de semana a 4.ª ronda do campeonato nacional de velocidade 2019, que marcou também o arranque da segunda metade do campeonato.
Depois de iniciar, precisamente no Estoril, a caravana rumou ao Algarve para duas jornadas no Autódromo de Portimão e a segunda metade será disputada exclusivamente no Estoril, faltando agora duas rondas (21 setembro e 26 outubro).
Esta segunda passagem pelo Estoril ficou marcada pelo triunfo de mais um piloto lousadense no nacional de motociclismo. Fernando Daniel Silva Soares, mais conhecido por Dany Soares venceu a 1.ª corrida (sábado) do fim de semana na Superstock 600. No domingo, o piloto foi obrigado a abandonar a 2.ª corrida, não antes sem bater o seu melhor tempo, com um registo de 1.48:925.

É certo que nos últimos anos esta categoria vem perdendo interesse, devido ao facto de as mesmas competir juntamente com as Superbike, que levou muitos pilotos a optar pela Copa Dunlop Motoval. Ainda assim, os resultados de Dany Soares não deixam de ser dignos de registo, fazendo tempos muito semelhantes aos das Superbikes, sendo que o próprio faz um balanço positivo deste ano de estreia no nacional: “A minha prestação está a ser muito boa e não podia ser melhor. Andar taco-a-taco com pessoal que já anda nas 600 há mais de 10 anos é algo que me deixa satisfeito”.
Natural de Macieira, atualmente com 29 anos, Dany Soares compete em provas de motociclismo desde 2015, nas denominadas “Corridas de Feira” e a sua estreia foi em Bragança aos comandos de uma Metrakit 80cc, adquirida a Pedro Nuno (atual vice-líder  do nacional das Superbikes e que já competiu no Campeonato Espanhol de Velocidade).
No início deste ano foi ao Estoril com a sua Honda CBR, onde fez excelentes tempos e acabou por ser desafiado por José Soares (conceituado mecânico de Caíde de Rei que já fez parte da equipa mecânica da Parkalgar e é também preparador do campeão nacional de kartcross, Joca Gonzaga) para integrar o nacional.


Compra em Valência (Espanha) uma Yamaha R6 e é com esta máquina, com um motor e suspensão de origem, que está a fazer uma prestação meritória: “As pessoas estão surpreendidas com os tempos que estou a fazer, porque a moto está toda original”, disse Dany Soares que teve de fazer alguns sacrifícios para atingir este nível: “Estou a fazer estes tempos porque tive de abdicar de muitas coisas, como saídas à noite e muitas outras. Todo o tempo livre que tenho é para treinar, não só com a moto, como também no ginásio”.
A concorrência nas Superstock 600 é escassa e cumprida a estreia no nacional, o piloto pensa já dar o salto: “Possivelmente vou comprar uma 1.000 cc. Mas só no final da época é que me vou sentar com o Soares e definir o que fazer. Certo é que só continuo se ele estiver comigo”, avançou o piloto, sem especificar se irá integrar as Superbikes (onde o andamento e muito exigente e há uma grande disparidade para os pilotos da frente) ou a Copa Motoval.