“Pecados da Vila”: um local com história e boa mesa

“Pecados da Vila”: um local com história e boa mesa

COMPARTILHE

Mesmo ao lado do Pelourinho, monumento emblemático da Vila de Lousada, já no final da histórica rua de Santo António, encontra-se um edifício antigo, preservado, cuja fachada conta um pedaço da história deste concelho. Um local cujos traços originais embeleza uma das áreas mais bonitas do centro urbano deste concelho.
É neste local que Paulo Ricardo, de 36 anos, professor de educação física, e Cristiana Pacheco, de 30 anos, decidiram entrar numa “aventura” que mudou radicalmente o dia a dia deste jovem casal: a abertura de um restaurante. “Esta tasquinha é um sonho que estamos a realizar, e foi um projeto comum. Costumo dizer que é uma brincadeira mais séria”, refere Paulo.
As características da casa foram sem dúvida as principais razões que levaram este jovem casal a apostar na concretização deste projeto. Para Paulo, a casa tem as condições ideais, “é lindíssima”, está no “coração” de Lousada e é uma casa com história. O espaço conjuga dois conceitos, que fazem dele um espaço único: é rústico, por um lado, e intimista, por outro. Uma das características que salta à vista é a decoração com antiguidades, que povoam todo o espaço. Trata-se de outra paixão do casal: “Sempre fomos apaixonados por antiguidades. Desde que nos conhecemos, fomos recolhendo estas peças. A nossa própria casa é toda decorada neste estilo, não temos nada de moderno”, explica Cristiana.

Há um ano nesta aventura…
Foi no dia 10 de junho de 2016, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que começou esta aventura na área da restauração, com o nome “Pecados da Vila de Louzada”. Nome curioso, que, segundo os proprietários, tem a sua génese do conceito pensado para o espaço: “Hoje vamos cometer um pecado!”, ou seja, vamos ao Pecados da Vila…e vamos comer bem!”, regozija-se Paulo Ricardo. Cristiana completa a ideia: “Ele queria também que a casa fosse de toda a vila, do concelho de Lousada, queria colocar algo alusivo à vila e por isso surgiu ‘vila’ ”. A alusão à história fecha com o apontamento do nome do concelho de Lousada grafado com ‘z’, como antigamente (Louzada), “para relembrar os velhos tempos”, esclarece Paulo.

Os “pecados” desta casa…
É um espaço onde predomina a qualidade dos produtos e uma clara aposta na comida “caseira”, típica da região. Predominam os almoços (diárias) com custo mais acessível e os jantares com uma ementa apelativa e com preços bastante convidativos. O feedback dos clientes é muito positivo, “gostam muito da comida”, diz Cristiana, evidenciando ainda uma vertente que muitas vezes não é tão conhecida: “Também somos uma casa de petiscos. Não somos uma casa em que as pessoas só venham para comer refeições, propriamente ditas. Se as pessoas tiverem vontade, podem vir apenas petiscar. Não é só chegar aqui e escolher na lista um bacalhau, uma francesinha ou um polvo… Temos jantares só de petiscos. Estamos a falar de picadinhos, rojões, moelas, chouriça no álcool, alheira e muito mais… E nós queremos realçar isso… Ou seja, temos pratos diferentes, mas também temos petiscos para aqueles que querem só petiscar!”, explica a proprietária.

pecados da vila2

Bom tempo traz novidades
Já se imaginou a almoçar ou jantar em plena rua, no centro histórico do concelho de Lousada? Agora é possível. Esta é a “única casa” onde poderá jantar ao ar livre, no coração da Vila. É um local movimentado, tornando “interessante e diferente” o jantar ao ar livre, em convívio com o movimento das pessoas.
Pela localização e pela própria beleza do edifício, são inúmeros os turistas de várias nacionalidades que já passaram pelo restaurante Pecados da Vila de Louzada: “Os turistas estrangeiros elogiam muito a nossa casa. Quando vêm a Portugal, procuram comida típica portuguesa. Aqui encontram-na.

Inovação é obrigatória
Uma aventura tem sempre os seus riscos, mas rotina é uma palavra que não existe para este dois jovens empresários: São, pois, muitas as iniciativas organizadas neste espaço, tornando-o “diferente e singular no concelho”. “Os clientes que usufruem do nosso espaço podem ser gratificados com um fado ou um jazz. Fazemos também noites temáticas, mais no inverno, nas quais vamos continuar a apostar. No que diz respeito ao fado, notamos que as pessoas procuram isso mas não têm ofertas que equilibrem uma boa noite com um preço acessível. De facto, quando existe, os preços são exorbitantes. Então, procuramos fazer eventos com um preço mais acessível”, garante Cristiana.
O Casal jovem lousadense explica a escolha de Lousada para a concretização deste sonho: “É um concelho muito jovem, a casa está situada no centro de Lousada e não havia aqui uma casa de petiscos, uma casa com comida tradicional. Não existia este contexto aqui no centro. Para além disso, temos umas ligações fortes a Lousada, onde vivemos… É uma mais-valia para nós e para o concelho”.
Paulo salienta o ambiente acolhedor como uma das razões da preferência dos clientes: “A nossa explanada interior é uma das zonas mais usadas pelos clientes! Para além de ser confortável, devido aos sofás, aqui pode fumar-se, por isso ninguém precisa de sair do restaurante para fazê-lo. E quando temos a casa repleta, é muito bonito ver os clientes todos juntos na explanada a conviverem, parece que estão na sua própria casa. Este espaço entre as salas (sala de estar exterior) propicia o convívio e torna este restaurante um local familiar”, diz, com um sorriso, olhando para a varanda interior do prédio, um dos pontos mais bonitos do restaurante.

pecados da vila 3

E o futuro?
O jovem casal já tem projetos para o futuro, que passa pela expansão do negócio. “A partir do momento que as pessoas nos procuram e confiam em nós, nós queremos evoluir o máximo. É um projeto a longo prazo, porque temos uma área por cima da parte rústica, onde queremos criar uma sala diferente, para jantares de negócios ou de aniversário, onde os clientes se possam sentir à vontade. Com uma particularidade: uma varandinha para que isto pareça a Ribeira, colocando a casa o mais típica possível, mas vamos com um passinho de cada vez”, diz, cauteloso.
O restaurante está situado na Rua Dr. Pinto Mesquita em Lousada. Para efetuar a sua reserva poderá ligar para os seguintes números: 255 093 861 | 912 995 088 |910 928 716.